SEM APOIO NO PRÓPRIO STF, TOFFOLI RECUA E DESISTE DE DADOS SIGILOSOS DE 600 MIL CONTRIBUINTES NO BANCO CENTRAL

SEM APOIO NO PRÓPRIO STF, TOFFOLI RECUA E DESISTE DE DADOS SIGILOSOS DE 600 MIL CONTRIBUINTES NO BANCO CENTRAL

A pressão diante possivel exagero da decisão que mandava entregar ao seu gabinete todos os relatórios sigilosos sobre movimentação financeira de 600 mil contribuintes,pessoas fisicas e juridicas, fez o presidente do STF recuar. Dias Toffoli, voltou atrás e revogou sua decisão que lhe dava acesso a todos os relatórios elaborados pela Unidade de Inteligência Financeira (UIF) do Banco Central, órgão que sucedeu o antigo Coaf, nos últimos três anos, mostrou decisão do ministro. Dias Toffoli correu o risco de ficar sozinho dentro do próprio STF, caso mantivesse a inexplicável decisão de pedir todos os dados de contribuintes. entre os outros 10 ministros, nenhum acompanharia seu delírio.

Deixar uma resposta