RIO GRANDE DO SUL SERÁ UMA NOVA RORAIMA?

Por esta razão, embora o desejo do governador gaúcho Eduardo Leite em criar um contraponto politico, minimizando a afirmativa feita por Jair Bolsonaro no ultimo dia 5 em Pelotas,alertando para o risco de o Rio Grande do Sul tornar-se uma Roraima, o fato é que o Rio Grande do Sul não teria estrutura para receber uma demanda de refugiados argentinos nos moldes do que acontece em Roraima com venezuelanos. Falta-nos estrutura de saúde, segurança e educação para acolher uma demanda de 500 a 1.000 imigrantes por dia.

Deixar uma resposta