Renan Calheiros já soma 17 inquéritos no STF. Mas nenhuma condenação.

Tal como Lula, o senador Renan Calheiros é conhecido pela invejável rede de amigos e influências que criou em Brasília. Calheiros, já ostenta a medalha de campeão de inquéritos no STF. Já são 17 inquéritos, mas sem nenhuma condenação. Agora ele está às voltas com o ministro Luís Roberto Barroso, que mandou investigá-lo. Desta vez, o foco das apurações são os possíveis desvios no Postalis, o fundo de pensão de funcionários dos Correios. Além disso, ele também é réu em uma ação penal. O STF é lento para tocar os processos de réus como Lula e Renan.

E ontem, o ministro Edson Fachin, homologou o acordo de delação premiada de Durval Rodrigues da Costa. Ele relatou ter enviado ao senador Renan Calheiros (MDB-AL) malas de dinheiro com R$ 3,8 milhões, em 2014. O acordo de Durval será usado na Operação Alaska, investigação conduzida pela Polícia Federal que apura pagamentos do grupo J&F a senadores emedebistas em 2014. Ele apresentou documentos comprovando as declarações.

Deixar uma resposta