REINA SILÊNCIO

A Câmara de Vereadores de Porto Alegre até agora não adotou nenhuma medida em relação ao mandato do vereador André Carus,do MDB. Ele foi preso – e solto ontem – acusado de ter extorquido parte dos salários dos servidores do seu gabinete, tema delicado entre vereadores. O tema ainda é objeto de investigação pela polícia e o vereador poderá opor sua defesa até julgamento final do caso.

Deixar uma resposta