REFORMA DA PREVIDÊNCIA PRECISAVA DE 308 VOTOS. CONSEGUIU 379 VOTOS.

A capacidade de articulação do presidente da Câmara Rodrigo Maia foi fundamental para a aprovação do texto da Reforma da Previdência ontem em primeiro turno,por 379 votos, 71 a mais que o mínimo necessário de 308 votos. Humilde, Rodrigo Maia ao final, dividiu os louros da vitória, citando seus colegas deputados, servidores da Câmara,e membros do governo.

Deixar uma resposta