PRÓXIMA PAUTA,A VOTAÇÃO DA LDO

Ultrapassada a pauta das privatizações, o governo quer aprovar na Assembléia,a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2020. A maior dificuldade está no ítem onde consta a vedação para reajustes salariais com efeitos retroativos, e restrição de despesas com horas extras para os servidores, autorizadas apenas para áreas essenciais ou em situações de emergência. O déficit apontado pela LDO para o ano que vem é de R$ 4,3 bilhões.

Deixar uma resposta