PROJETO COMEÇOU AINDA EM 2016

Para demonstrar como é lento todo o processo de implantação de um novo investimento no Estado,basta lembrar que esse projeto de produção de insumos químicos oriundos do carvão mineral gaúcho foi levado ao então governador José Ivo Sartori no início de 2017, e previa o início das atividades em 2021. Desde então, agoniza nas gavetas dos burocratas, e sofre as influências dos humores políticos e ideológicos .

Deixar uma resposta