PROCURADOR CARLOS FERNANDO DOS SANTOS LIMA RESPONDE AO MINISTRO GILMAR MENDES

O ministro Gilmar Mendes disse em entrevista esta semana,que os integrantes da Lava-Jato deveriam pedir desculpas. A resposta do procurador:

“Gilmar Mendes representa o que há de mais podre em nossa elite político-jurídica. Ele encarna a submissão da Justiça a esse playground de marotos que se tornou o jogo político. Fala em nome do STF, passa por cima da distribuição interna, solta poderosos a granel, tem contra si inúmeras pedidos de suspeição que não são julgados, e agora sua imensa desfaçatez, protegida pela impossibilidade de ser alcançado por qualquer investigação – já que o inquérito secreto do STF impede que sejam analisadas suas movimentações fiscais – quer imputar à Lava Jato condutas que, se fossem olhadas por um jornalismo corajoso, lhe são comuns nesses anos todos de seu desserviço ao país. Trata-se de uma infeliz cria de FHC, que sabidamente não tinha grande consideração pela Justiça, já que também impôs ao Brasil oito anos do Engavetador-Geral da República. Que legitimidade possui o STF em usar material de origem criminosa para falar da suspeição de Moro, quando recusou todos os procedimentos de suspeição de seus ministros, mesmo que extensamente documentadas? A ex-ministra Eliana Calmon sempre perguntou o motivo pelo qual a Lava Jato nunca chegou ao Judiciário. A resposta está bem evidente hoje em dia.”

Deixar uma resposta