PRISÃO DURA MAIS CINCO DIAS

O juiz da 10ª Vara Federal do DF, Vallisney de Oliveira, determinou nesta sexta-feira a prorrogação da prisão temporária, por mais cinco dias, dos supostos hackers investigados pela invasão do Telegram do ministro Sergio Moro . São eles: Walter Delgatti Neto, Gustavo Henrique Elias Santos, Suelen Oliveira e Danilo Marques foram presos na terça-feira pela Polícia Federal na Operação Spoofing.

Deixar uma resposta