PRESSÃO DOS DEPUTADOS PODE VETAR HONORÁRIOS NA PGE

A pressão dos 42 deputados que assinaram protocolaram requerimento na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul para suspender os pagamentos de honorários de sucumbência aos procuradores do estado e defensores públicos, poderá produzir resultado já na próxima semana. Agora,falta apenas a Mesa Diretora enviar ao plenário um projeto de Decreto Legislativo suspendendo a medida. Desde que a PGE regulamentou o pagamento de honorários aos procuradores da ativa e aposentados em julho,já foram pagos R$ 5,7 milhões além dos vencimentos. O deputado estadual Giuseppe Riesgo (Novo) tem se insurgido contra o pagamento que, embora legal, considera inadequado.

Deixar uma resposta