Portabilidade permite reduzir dívida no crédito imobiliário

Com o patamar histórico da taxa básica de juros Selic em 2%, os pedidos por portabilidade de crédito têm aumentado, especialmente na modalidade de financiamento imobiliário. De acordo com dados do Banco Central (BC), entre janeiro e setembro de 2020, foram realizados 31 mil pedidos, com mais de 10 mil efetivados.

A procura pela ferramenta no crédito imobiliário cresceu ao longo deste ano porque permite que os devedores procurem outras instituições financeiras para reduzir o valor das parcelas da dívida, levando em conta os juros mais baixos. Em janeiro, o número de pedidos foi de 1,7 mil. Em maio, quando a Selic caiu de 3,75% para 3% ao ano, o total de registros saltou para 2,7 mil e chegou a 5,4 mil em setembro, com a taxa básica de juros já em 2%.

Deixar uma resposta