PGR RECORRE DO PEDIDO DE DIAS TOFFOLI

O enigmático pedido do presidente do STF Dias Toffoli,para que o Banco central lhe repassasse todos os dados de pessoas físicas e jurídicas – cerca de 600 mil – objeto de relatórios do Coaf ,o antigo Conselho de Controle de Atividades Financeiras, mereceu uma reação da Procuradoria Geral da República. Em nome dos cidadãos, impotentes a esse movimento do STF, o procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu nesta sexta-feira a revogação da decisão de Dias Toffoli. O ministro Dias Toffoli não só negou o pedido,como ampliou o pedido de dados e informações ao Banco Central.

Deixar uma resposta