PERDAS NA ESTRUTURA

O anúncio de Bolsonaro,feito pelo Twitter, da demissão de dois secretários de Onyx Lorenzoni e a retirada do Programa de Parceria de Investimentos da Casa Civil são interpretados como um esvaziamento iniciado ainda em junho do ano passado. Foi quando a Casa Civil perdeu a função da articulação política, repassada ao ministro Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), e a coordenação jurídica, quando perdeu a Subchefia para Assuntos Jurídicos para a Secretaria-Geral da Presidência, comandada por Jorge OIiveira.

Deixar uma resposta