PCDOB: ROTINA DE APOIO A DITADURAS

Em 2013, o Partido Comunista do Brasil (PCdoB) enviou uma carta à embaixada da Coreia do Norte em Brasília em solidariedade a Pyongyang, cujo governo liderado pelo ditador Kim Jong-un protagonizou o início da escalda da tensão nuclear na Península da Coreia. Em 2019, Em nota divulgada, o Partido Comunista do Brasil (PCdoB) manifestou apoio ao ditador Nicolás Maduro, e denunciou a tentativa de golpe de Estado promovida pela oposição ao governo da Venezuela.

Deixar uma resposta