PARAGUAI DENUNCIA MÁ QUALIDADE DA MEDICINA DE CUBA

O Paraguai rejeitou a contratação de médicos cubanos para atuação naquele país. Segundo o reitor da Faculdade de Medicina Nacional do Paraguay, Aníbal Filartiga. “médicos cubanos tem têm habilidades e conhecimentos de uma licenciatura em Enfermagem”.

As autoridades médicas paraguaias consideram que os médicos formados em Cuba não têm formação suficiente para exercer a medicina em seu país, disse o reitor da Faculdade de Medicina da Universidade Nacional do Paraguai, Um estudo comparativo entre os currículos dos cursos de medicina em Cuba e no Paraguay mostrou que o currículo da ELAM – Escola Cubana de Medicina – é medíocre. As autoridades médicas do Paraguay rejeitaram a equiparação automática dos currículos dos médicos paraguaios com os médicos cubanos.

Deixar uma resposta