Papa Francisco critica queimadas na Amazônia, e agora fica quietinho sobre Igrejas queimadas por grupos de Esquerda

Passadas 72 horas desde que a Igreja da Assunção, em Santiago, no Chile, foi completamente incendiada após uma série de ataques provocados por grupos de esquerda encapuzados em meio a uma grande onda de vândalos em ato pelo primeiro aniversário do início dos protestos sociais no país e o Papa Francisco continua calado.

O que talvez você não saiba é que dentro da igreja eram mantidos um total de 8 felinos, como é feito em outras paróquias, para o controle de pombos e pragas como ratos e camundongos.
Foram queimados vivos.
Até agora, nenhuma associação defensora de animais criticou os atos de vandalismos que tomaram a capital chilena.

Mesmo que os atos tenham sido praticados por seus companheiros marxistas,o Papa deveria fazer algum comentário.
Quando a estrutura religiosa começou a despedaçar com chamas de fogo, os manifestantes comemoraram.
“Deixa cair, deixa cair”, gritaram os encapuzados, que celebravam o ataque à Igreja católica. Segundo a imprensa local, 580 pessoas já foram detidas, sendo 287 delas apenas na região metropolitana.

Deixar uma resposta