OS NÚMEROS DE 2014 “COM” E “SEM” A FÓRMULA MÁGICA

thumb

Algir Lorenzon menciona os números discrepantes com uma ou outra fórmula: “Assim, em 2014, os gastos, segundo o grupo de despesa “Pessoal e Encargos Sociais”, representaram 75,48% da Receita Corrente Líquida, enquanto na apuração da Despesa Total com Pessoal, de acordo com as normas da LRF, foi obtido o percentual de 53,59%, estando adequado ao limite estabelecido, como se demonstra a seguir…”

Deixar uma resposta