OS MÉDICOS E A CNH

Um ítem do projeto de lei que altera vários pontos do Código de Transito Brasileiro,entregue ontem pelo presidente Jair Bolsonaro ao Congresso,será objeto de muita polêmica. Trata-se da exclusividade dada aos Detrans para credenciar clinicas para emissão da carteira de motorista. Bolsonaro comentou: “a gente passa de 5 pra 10 anos a validade da carteira de motorista. Passa de 20 para 40 os pontos para perder a carteira de motorista. Entre outras coisas, também nós tiramos do Detran a exclusividade nas clínicas para emitir o atestado de saúde para carteira de motorista. Agora, qualquer médico pode conceder isso daí”.

Deixar uma resposta