Os bastidores do impeachment em Santa Catarina: o golpe dos deputados não funcionou.

Conheça o outro lado do caso: o impeachment do governador Carlos Moisés (PSL)montado por deputados catarinenses, articulados pelo presidente da Assembleia Legislativa Julio Garcia (PSD), que assumiria por 180 dias o governo do Estado, acabou frustrado pelo voto desempate do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Ricardo Roessler.

O voto de minerva garantiu a permanência da vice-governadora Daniela Reinehr no comando do governo e frustrou ao grupo do deputado Julio Garcia, denunciado na Operação Alcatraz pelos crimes de corrupção, peculato e fraude em licitação e contrato subsequente por corrupção e lavagem de dinheiro.

Deixar uma resposta