O TAMANHO DA CRISE CARCERÁRIA

O TAMANHO DA CRISE CARCERÁRIA

Os dados são da Comissão do Sistema Prisional, Controle Externo da Atividade Policial e Segurança Pública, vinculada ao Conselho Nacional do Ministério Público. Segundo a pesquisa, das mais de 1,5 mil prisões de diferentes portes, 65,7% apresentaram ocupação superior à sua capacidade máxima entre março de 2016 e fevereiro de 2017. “Superlotadas, favorecem a expansão das facções que comandam o crime do interior dos cárceres”, segundo a análise.

Deixar uma resposta