NOS EMBARGOS, DEFESA DE LULA COBRA DOCUMENTOS

advogado_cristiano__0

A defesa do ex-presidente Lula,ao ingressar ontem no Tribunal Regional Federal da 4ª. Região em Porto Alegre com embargos de declaração, alinhou em 175 páginas, o que considera dez omissões no acórdão que confirmou a sentença de 12 anos e 1 mês de prisão. A defesa, cobra documentos em relação ao caso do Triplex, ao questionar: “qual é o elemento — real, concreto e palpável — a demonstrar que, se tivesse adquirido a propriedade do imóvel, o Embargante não iria fazer o pagamento pelas benfeitorias realizadas no imóvel?” Segundo os advogados, ‘o acórdão não aponta qual teria sido a ação concreta praticada’ por Lula ‘que fundamentaria a sua condenação’ por lavagem de dinheiro.

Deixar uma resposta