NO PAÍS, NÃO É DIFERENTE

Um estudo do Conselho Nacional de Justiça aponta que no período de 2008 a 2017, a judicialização da saúde no Brasil cresceu 130%. O Ministério da Saúde aplicou apenas em um ano, R$ 1,6 bilhão para atender a pacientes que buscaram apoio no judiciário.

Deixar uma resposta