MPF PEDE MANUTENÇÃO DA PENA DE LULA

O Ministério Publico Federal, neste processo, reviu posição anterior,e manifestou-se afirmando que “não se identifica qualquer prejuízo na ausência de prazo especial para o réu Luiz Inácio apresentar suas alegações finais” e, por isso, a sentença não deve ser anulada.

Deixar uma resposta