Ministro Fux começa a mudar postura do STF. Para melhor.

O STF já mudou em apenas uma semana! Nos seus primeiros movimentos esta semana, o novo presidente do STF, ministro Luiz Fux, que é magistrado de carreira, restabelece a compostura da Corte e sinaliza para uma nova fase do Supremo Tribunal Federal.

O primeiro movimento deu-se ao aprovar, em sessão administrativa, a retirada de poderes dos ministros Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski que, valendo-se do regimento interno, vinham decidindo sozinhos casos julgados pela Segunda Turma. Agora, todas as matérias penais serão levadas ao plenário.

No segundo movimento, manteve, na última quinta-feira, o voto solitário do ministro Celso de Mello no caso que decide se o presidente Jair Bolsonaro terá de prestar depoimento pessoalmente ou por escrito no inquérito que apura possível influência presidencial na Polícia Federal. Agora, a sessão prossegue na próxima quinta, já sem a presença e a influência de Celso de Mello, já aposentado.

Deixar uma resposta