Melo, após derrotar a comunista Manuela em Porto Alegre: “Vou levar ao presidente Bolsonaro propostas para a saúde e a economia”.

Abertas as urnas eletrônicas, viu-se que os gaúchos derrotaram as campanhas milionárias da esquerda nos grandes centros onde houve disputa no segundo turno.

No seu primeiro pronunciamento, Sebastião Melo acenou com diálogo ao afirmar que esta semana pretende procurar o governador Eduardo Leite,e o presidente Jair Bolsonaro a quem deseja ter como parceiro. Afirmou que “como prefeito de Porto Alegre não vou brigar com o governador ou com o presidente. Quero tê-los ao nosso lado”.

Porto Alegre foi o resultado mais emblemático: Sebastião Melo (MDB) derrotou a comunista Manuela, do PCdoB/PT apoiada pelos puxadinhos da esquerda PDT, PSOL, PV, Rede e pela conhecida mídia funerária.

Uma manifestação de Sebastião Melo no discurso de ontem foi de que “saúde e economia precisam andar juntas. Nós não vamos fechar a economia de Porto Alegre”. Ele prometeu isentar todas as multas aplicadas aos empreendedores da capital gaúcha durante a pandemia

Deixar uma resposta