MARUM LAMENTA O ERRO

Ontem, o ministro da Secretaria de Governo da Presidência, o gaúcho Carlos Marun, avaliou que o maior erro cometido pelo governo de Michel Temer foi não ter insistido na votação da proposta da Previdência na Câmara, mesmo com chance mínima de aprovação.

“O erro foi não termos votado mesmo sem a garantia de ganhar porque, assim, não obrigamos os indecisos a se posicionarem. (….) A derrota seria péssima, mas acho que a pequena chance de vitória que existia valia o risco”.

Deixar uma resposta