JUÍZES SEM ATIVISMO POLITICO-PARTIDÁRIO

O presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, desembargador Voltaire de Lima Moraes defendeu ontem em seu discurso de posse, uma participação efetiva dos magistrados na vida político-institucional do pais. Advertiu porém, que ” não se confunde com o político-partidário, território onde nenhum membro do Poder Judiciário deve se intrometer, porque essa atividade, a político-partidária, está muito bem reservada aos membros do Poder Executivo e Legislativo e pessoas que não têm vedação legal para exercê-la.” O Desembargador Voltaire presidirá o Tribunal de Justiça no biênio 2020/2021. Ele sucedeu o desembargador Carlos Eduardo Zietlow Duro.

Deixar uma resposta