INVESTIMENTOS E SALÁRIOS DOS SERVIDORES

Porto ALEGRE, RS, BRASIL - 03-06-2015 - Governo Apresenta medidas da segunda fase do Ajuste Fiscal. Secretário da Casa Civil, Márcio Biolchi, secretário da Fazenda Giovani Feltes e secretário Geral de Governo, Carlos Búrigo, exclarecem duvidas.FOTO: Daniela Barcellos/Palácio Piratini
FOTO: Daniela Barcellos/Palácio Piratini

Baseado em dados da receita, e dos comprometimentos do caixa que não podem ser alterados, o secretário da Fazenda Giovani Feltes tem sido enfático ao dizer que, sem adesão ao Programa de Ajuste Fiscal da União, o estado não conseguirá o ajuste das contas públicas. As concessões imediatas ao estado, incluem a suspensão do pagamento da dívida com a União pelo período de três anos, prorrogáveis por mais três, e a possibilidade da contratação de novos financiamentos. O programa dessa magnitude não é votado por um motivo paroquial: iludidos com a perspectiva de que terão nas eleições do ano que vem, os votos dos pequenos grupos que se opõem o pacote, e que apóiam partidos como o PT, PCdoB e PSol, deputados da base do governo Sartori resistem em apoiar as medidas.

Deixar uma resposta

O Blog de Flavio Pereira