INVESTIGAÇÃO VEM PRA O PRIMEIRO GRAU

Esta investigação envolvendo Paulo Pimenta tem origem em 2009,e encontrava-se parada no Supremo Tribunal Federal pela prerrogativa de foro. Com a nova legislação, que tirou o foro privilegiado para crimes praticados fora do exercício do mandato, a investigação foi remetida para o primeiro grau, na Vara Federal de Uruguaiana.

Deixar uma resposta