INCOMODADA, PRESIDENTE DO IBAMA PEDE AS CONTAS

Incomodada com a denúncia de um contrato de locação de veículos no valor de R$ v30 milhões, criticado pelo novo ministro Ricardo Salles, do Meio Ambiente, a presidente do Ibama, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e do Recursos não-renováveis, Suely Araújo, pediu exoneração do cargo ontem. Ela estava no cargo desde junho de 2016. Ela havia assinado o contrato criticado pelo ministro.

Deixar uma resposta