IMPRENSA TEM COM BOLSONARO, RIGOR QUE NÃO TEVE COM HOMOFOBIA DE LULA E DILMA.

IMPRENSA TEM COM BOLSONARO, RIGOR QUE NÃO TEVE COM HOMOFOBIA DE LULA E DILMA.

A fúria de certo segmento da imprensa nacional,engajada no grupo que combate a Operação Lava Jato, e a corrupção neste país, chegou ao ponto de praticar diariamente o julgamento sumário- nos moldes dos justiçamentos defendidos pelos terroristas na década de 70 e descritos pelo coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra em seu livro Rompendo o Silencio” – do presidente Jair Bolsonaro, a partir de palavras pontuais de suas declarações,mesmo aquelas prestadas em momentos de informalidade com a imprensa.

Deixar uma resposta