Governo vai atrás do 697 políticos gaúchos que receberam Auxilio Emergencial. No Brasil,são 10,7 mil candidatos com patrimônio superior a R$ 300 mil.

O governo federal está finalizando o pente fino nos casos de políticos e outros beneficiários que receberam de forma irregular, recursos do auxílio emergencial.

Somente no Rio Grande do Sul, 697 candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador com patrimônio de R$ 300 mil até R$ 8 milhões, receberam o benefício.

Levantamento realizado pelo TCU (Tribunal de Contas da União), identificou 10,7 mil candidatos com patrimônio de mais de R$ 300 mil e que mesmo assim receberam o auxílio emergencial.

Cruzamento de dados feito pelo tribunal, identificou 10,7 mil candidatos nessa situação e outros 1,3 mil com patrimônio superior a R$ 1 milhão e que obtiveram o benefício durante a pandemia do novo coronavírus.

O Ministro Bruno Dantas autorizou a divulgação da lista com os nomes de todos os beneficiários.

Deixar uma resposta