FGTS passa a ter rendimento maior que outros investimentos

Talvez não seja vantajoso sacar o FGTS, caso isso não seja urgente pra alguns trabalhadores. Os trabalhadores que estão pensando em sacar recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) devem ficar atentos. Com a queda da taxa básica de juros (Selic) na próxima quarta-feira (17/06), de 3% para até 2,25% ao ano, o rendimento do FGTS, de 3% anuais mais a variação da Taxa Referencial (TR), passará a ser quase o dobro da caderneta de poupança. A situação é inédita no país. A poupança, como se sabe, rende o correspondente a 70% da taxa Selic. Com os juros básicos baixando para 2,25% ao ano, a caderneta pagará 1,57% a cada 12 meses.

Deixar uma resposta