ESTATUTO DOS SERVIDORES: CAI URGÊNCIA DO PROJETO

Imagem-poa-24h-reprd-299

Com 16 votos favoráveis e 14 contrários, a Câmara de Porto Alegre impôs uma derrota do prefeito Nelson Marchezan Junior, ao aprovar, requerimento que solicitou a retirada da urgência do projeto que trata de alterações no estatuto dos funcionários públicos municipais da Capital. Como a diferença entre aprovação e rejeição foi de apenas dois votos, haverá uma renovação de votação na sessão da próxima quarta-feira.

Deixar uma resposta