Especialista defende cobrança de anuidade dos mais ricos para abrir vagas a carentes nas Universidades.

Especialista em educação defende que o  Brasil pode se beneficiar de instituir anuidade nas universidades públicas brasileiras para aumentar o acesso de alunos de camadas populares caso a forma de cobrança seja bem desenhada, afirma a economista Tássia Cruz. Ela é diretora de pesquisa da Dados para um Debate Democrático na Educação (D³e), organização que publica nesta quinta-feira o relatório “Financiamento e Equidade no Ensino Superior”.

— Há formas de cobrar anuidade nas universidades públicas que melhoram acesso dos mais pobres. Isso precisa ser muito bem pensado para funcionar. Mas um desses modelos, como mostra o relatório, é o australiano — afirma Cruz, que é professora da FGV.

Deixar uma resposta