EDEGAR PRETTO TERÁ DE RENUNCIAR

download (7)

O deputado Edegar Preto (PT), presidente da Assembleia Legislativa, e os demais membros da mesa que dirige a casa, terão de formalizar nesta quinta-feira a renúncia aos cargos diretivos que ocupam. A renúncia será necessária para cumprir o acordo que prevê a eleição de uma nova mesa diretora, chefiada pelo PDT, que indicou o deputado Marlon Santos para presidir a casa. O regimento interno prevê no artigo 21 e parágrafos, que os mandatos da mesa tenham dois anos de duração, daí a necessidade da renúncia, Esta quarta-feira marca o ultimo dia da melancólica gestão de Edegar Pretto à frente do legislativo gaúcho.

Deixar uma resposta