DESAGRAVO AO DELEGADO PAULO JARDIM

Vitima de chacotas quando alertou no inicio das investigações,de que não fechava a denuncia de uma jovem,de suposto ataque por um grupo que lhe teria mutilado com simbolo nazista, o delegado gaúcho Paulo Jardim teve confirmada sua suspeita. O caso ganhou repercussão nacional e internacional, e foi utilizado pelos aliados do ex-candidato do PT. A confissão da jovem,de que se auto-mutilou, fato confirmado pela perícia, encerra o caso. E mostra o baixo nível de argumentos que a esquerda foi capaz de usar para tentar vencer uma eleição. E o alto nivel da Policia Civil e da Perícia do Rio Grande do Sul,que não embarcaram nessa história.

Deixar uma resposta