DEPOIS DA EXPOSIÇÃO DE ARTE, NOVO CASO DE PEDOFILIA

exposicao-queer-museu-20170911-002

Alguns dias após o encerramento de uma exposição com quadros ilustrativos de cenas de zoofilia e pedofilia, outra situação envolvendo pedofilia volta a ocorrer em Porto Alegre. Ontem, a polícia prendeu um estudante de Medicina suspeito de pedofilia, que pagou fiança de R$ 20 mil e foi liberado. A prisão ocorreu porque após investigações, o aluno foi indiciado por supostamente cometer os crimes previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente, de “adquirir, possuir ou armazenar fotografia com cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente” e “aliciar, assediar, instigar ou constranger criança com o fim de com ela praticar ato libidinoso”.

Deixar uma resposta

O Blog de Flavio Pereira