DEFASAGEM NA TABELA DO IR

Santini demonstra no documento, que a tabela do IR conta com uma defasagem média acumulada de 95,46%. Se ela fosse corrigida pela inflação, os contribuintes que recebessem até R$3.689,64, naquele ano, ficariam isentos. Segundo Santini, “essa correção, melhorará o poder de compra dos brasileiros, incentivará o consumo e gerará mais empregos”.

Deixar uma resposta