Congresso não vai votar Medida Provisória que reduz encargos para contratar jovens no primeiro emprego

O Congresso Nacional deixará caducar mais uma Medida Provisória de interesse da sociedade. Agora,a medida provisória que criou o contrato Verde e Amarelo, e que reduz encargos para patrões que contratarem jovens no primeiro emprego vai perder a validade se não for aprovada pelo Senado nesta segunda-feira.
Caso se confirme a omissão do Senado,o Congresso salvar a medida, por meio de projeto de decreto legislativo, as regras para os contratos assinados na vigência do texto, lançado pelo governo em novembro do ano passado.
A Medida Provisória encontra-se no Congresso aguardando análise há 120 dias.

Deixar uma resposta