CIRO SE ESTRESSA COM INDUSTRIAIS

CIRO SE ESTRESSA COM INDUSTRIAIS

Mais uma vez o pré-candidato à presidência Ciro Gomes (PDT) se estressou. Desta vez, acabou vaiado na sabatina da CNI, a Confederação Nacional da Indústria. Ao responder se eleito, revogaria no primeiro dia a reforma trabalhista, caso eleito, negou que tenha dito isso em entrevista recente publicada pelo grupo Estadão – “nunca me reconheço nos jornais” -, mas chamou a reforma de “monstrengo” e afirmou que se comprometeu com as centrais sindicais a rediscutir a reforma. Acabou vaiado e se estressou, negando-se a voltar ao assunto

Deixar uma resposta