Cinco regiões gaúchas conseguem reduzir classificação de risco alto para Covid-19.

Na 29ª rodada, o mapa definitivo do modelo de Distanciamento Controlado terá, a partir desta terça-feira (24/11), oito regiões em bandeira vermelha (risco epidemiológico alto). O Gabinete de Crise deferiu, nesta segunda-feira (23/11), cinco pedidos de reconsideração enviados por municípios e associações regionais.

Assim, o Rio Grande do Sul fica com oito regiões em bandeira vermelha e 13 em bandeira laranja (risco epidemiológico médio). As bandeiras da 29ª semana são válidas até as 23h59 de segunda-feira (30/11). Devido ao alto número de bandeiras vermelhas, o governador Eduardo Leite apresentou o mapa em transmissão ao vivo pelas redes sociais.

Os pedidos de reconsideração das regiões Covid de Santa Maria, Guaíba, Caxias do Sul, Porto Alegre e Lajeado foram acatados pelo Gabinete de Crise. Por isso, permanecem em bandeira laranja nesta semana.

Por outro lado, a equipe técnica optou por rejeitar os pedidos das regiões de Novo Hamburgo, Passo Fundo e Uruguaiana. Essas três regiões se somam a Capão da Canoa, Canoas, Ijuí, Palmeira das Missões e Erechim, que não enviaram pedidos de reconsideração. Das oito regiões em vermelho, apenas Uruguaiana não aderiu ao sistema de cogestão.

Deixar uma resposta