Candidato a vereador pelo PSOL em SP, marido de Bela Gil, que se declarou negro ficou em 531° lugar.

O empresário João Paulo Demasi, que concorreu a uma vaga de vereador em São Paulo pelo PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) se auto-declarando “Preto”, não foi bem sucedido nas urnas.
JP, como é conhecido, é marido da apresentadora de TV Bela Gil,e  se declarou  preto após a mudança na lei eleitoral,que determinou a distribuição de recursos do Fundo Eleitoral na proporção para candidatos negros.
“Me identifico preto desde criança”, argumentou o empresário e candidato do PSOL, em entrevista à Folha de São Paulo, em setembro deste ano.
Após a apuração, JP conquistou 1.013 votos e ficou em 531° lugar.

Deixar uma resposta