Candidata a prefeita do PSB e PT que saiu da cadeia continua campanha usando tornozeleira.

Candidata à reeleição à Prefeitura do Conde, Márcia Lucena (PSB) com apoio do Partido dos Trabalhadores, enfrenta um processo na justiça criminal por participar de uma Organização Criminosa (Orcrim) formada no ex-governo da Paraíba, por ter desviado mais de R$ 129 milhões dos cofres públicos, e ter sido presa, prossegue na campanha usando tornozeleira eletrônica e também cumprir medidas cautelares em decorrência da Operação Calvário.
Márcia Lucena agora teve protocolado na Justiça Eleitoral, um pedido de impugnação da sua chapa. O pedido deve-se a erro formal de atos do seu partido, tendo a participação direta do seu vice, Aleksandro Pessoa. Ele teria se filiado ao partido,quando ainda era militar da ativa,o que é vedado por lei.
A Justiça eleitoral,que registrou a candidatura de Marcia Lucena,ainda não se pronunciou sobre o pedido de impugnação da sua chapa pelo erro formal cometido pelo vice.

Deixar uma resposta