CÂMARA CRIMINAL AFASTA LARA DA PREFEITURA GAÚCHA DE BAGÉ

Afastado ontem da prefeitura de Bagé. no Rio Grande do Sul por decisão da 4a. Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, o prefeito Divaldo Lara (PTB) responde a processo por formação de quadrilha,e , desvio de verbas publicas,e fraude em licitação. O prefeito responde ainda a outra ação na Justiça Eleitoral, que pode cassar seus direitos políticos por oito anos. Ele e o presidente da Assembleia Legislativa gaúcha Luis Augusto Lara são réus por abuso de poder político, econômico e de autoridade na eleição do ano passado, acusados de coagir servidores da prefeitura,e usar a máquina do município em favor da campanha do deputado.

Deixar uma resposta