Brasil não consegue extrair fertilizantes na Amazônia: área pertence a 337 indios. Assista ao comentário de Flavio Pereira

Enquanto o Brasil é o maior importador mundial de potássio,uma nova descoberta no Amazonas e Pará apresenta oportunidades para reduzir alta dependência externa do país. Porém, ambientalistas e interesses internacionais impedem a extração de potassio em terra indigena ocupada por 337 indios.
O Serviço Geológico do Brasil, empresa pública ligada ao Ministério de Minas e Energia, identificou na Bacia do Amazonas e Pará, novas ocorrências e ampliou em 70% a potencialidade sobre depósitos de sais de potássio, ou silvinita, como é denominado o mineral cloreto de potássio, do qual se extrai o potássio (K).

Leave a Reply