BRASIL CONTINUA COM DIPLOMACIA DE SEGUNDA LINHA

O Brasil deixou de subscrever documento encaminhado por Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Paraguai e Peru ao Tribunal Penal Internacional, o tribunal de Haia, pedindo investigação da ditadura de Nicolás Maduro desde 2014, por crimes de lesa-humanidade, registra a Folha.vA ditadura venezuelana é apoiada pelos partidos da esquerda brasileira,como PT e PCdoB.

Deixar uma resposta