Bolsonaro volta a criticar interferência do STF no Executivo.

O presidente Jair Bolsonaro voltou a reclamar do Supremo Tribunal Federal (STF) pela decisão da Corte que impediu que o delegado Alexandre Ramagem tomasse posse como diretor-geral da Polícia Federal. De acordo com o chefe do Palácio do Planalto, isso representou “mais uma brutal interferência do STF no Executivo, não podemos concordar com isso”.

Deixar uma resposta