Bastidores da vitória Melo-Ricardo em Porto Alegre: a costura bem sucedida que derrotou a esquerda.

Uma curiosidade da campanha vitoriosa de Sebastião Melo (MDB) e Ricardo Gomes (DEM) em Porto Alegre: entre avanços e recuos, a sucessão de acertos foi resultado de uma cuidadosa obra de engenharia politica realizada pelo médico veterinário Rodrigo Lorenzoni, presidente do DEM. A tarefa foi facilitada pela capacidade de diálogo de Sebastiao Melo e dos dirigentes do MDB.
A sensibilidade na montagem da aliança, exigiu cuidados de Rodrigo, na delicada costura de aliados, à base da valorização das afinidades comuns com o projeto de governo do MDB e do DEM.
Ainda no início desta costura, foi necessária uma decisão corajosa: sem traumas, o DEM aceitou abrir mão da candidatura própria à prefeitura, em nome de uma aliança sólida com Sebastião Melo que afinal, revelou-se a melhor opção, aprovada pelos eleitores da capital gaúcha no último domingo.

Esta vitória contra a esquerda, foi estratégica, pelo significado da capital gaúcha no contexto político nacional.

Com o DEM ao seu lado, Melo deu à sua proposta um tom liberal que foi decisivo para consolidar suas propostas na  área do empreendedorismo.

No estado, resultados positivos

A bem sucedida costura em Porto Alegre também aconteceu no estado,onde o DEM comemora o crescimento do partido em todo o Rio Grande do Sul. Esta eleição aumentou o cacife do DEM que de 10 prefeitos, passou para 15, e 13 vice-prefeitos (com destaque para Ricardo Gomes em Porto Alegre) elegendo 115 vereadores.

Deixar uma resposta