MARCO AURÉLIO: “MP NÃO FALA PELO JUDICIÁRIO”

marco-aurelio-mello

Incomodado com o protagonismo do Ministério Público, adotando decisões que na sua ótica,seriam privativas de magistrados, o ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello afirmou que é atribuição exclusiva do Judiciário negociar benefícios de penas nas delações premiadas. “O Ministério Público não pode prometer algo que decorre da caneta de quem julga. O Ministério Público não fala pelo Judiciário”.

O DESFECHO DE UMA PROLONGADA INVASÃO

MG_6719-Cópia

Detido por ordem do oficial de justiça, acusado de tentar obstruir o cumprimento de ordem judicial de reintegração de posse na invasão de um prédio no dentro de Porto Alegre, o deputado Jefferson Fernandes (PT) que preside a Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa teve a solidariedade do presidente da Assembleia Legislativa gaúcha, deputado Edegar Pretto (PT) e da deputada federal Maria do Rosário. Com a desocupação, a Justiça encerrou um caso que vinha se arrastando desde dezembro de 2015,quando ocorreu a invasão. Desde então abriram-se vários prazos para que fosse negociada a desocupação pelo grupo de ativistas políticos e algumas famílias, num total de 70 pessoas.

FALTAM ESTRATEGISTAS?

Marcel Van Hattem deputado

A emenda de Marcel Van Haten trouxe à luz algo que está evidente na atual base do governo, e no seu núcleo político: a falta de estrategistas. Além de ter perdido o tempo para o encaminhamento da proposta de plebiscito, caberia ao governo ter incluído Corsan e Banrisul no pacote original, para negociar a sua exclusão num segundo momento. Talvez a emenda do deputado Marcel tenha consertado essa omissão dos estrategistas.

EM CACHOEIRA, VEREADOR REAGE AO SER CHAMADO DE “VEADO”

cachoeira do sul

Na ultima quarta-feira, uma polêmica nas redes sociais movimentou dois conhecidos vereadores de Cachoeira do Sul. A discussão começou depois que circulou no Facebook um comentário do presidente da Câmara, Paulão Trevisan, referindo-se ao colega Itamar Luz. Paulão admitiu ao Jornal do Povo, que “Eu disse de brincadeira: olha ali aquele veado”. No Facebook, ontem o vereador Itamar respondeu: “Lamentavelmente estou recebendo informações por vários amigos, onde alguém falou inverdades sobre minha pessoa em uma live na rede social Facebook.(declarações não são verdadeiras). Quero dizer que eu SEMPRE RESPEITEI a todos e que a minha sexualidade ou vida pessoal, respeita somente a mim.”

CARLOS GOMES DEFENDE CRÉDITO DO BNDES PARA MUNICÍPIOS

133963_G

A sugestão do presidente da Famurs (Federação das Associações de Municipios do Estado) Luciano Pinto, para que a bancada federal gaúcha se mobilizasse, buscando abrir espaço no BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Economico e Social) para financiamento às prefeituras, sensibilizou os parlamentares em Brasília. Ontem, o deputado federal Carlos Gomes (PRB) que coordena interinamente a bancada gaúcha, esteve no BNDES com uma comitiva de parlamentares da Região Sul (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná), solicitando ao presidente do banco, Paulo Rabello de Castro, a criação de uma linha de crédito especial para aproximadamente 250 municípios (100 no RS) atingidos pelos temporais dos últimos dias. O objetivo é viabilizar a aquisição de equipamentos para a recuperação das estradas do interior dessas comunidades para garantir o escoamento da produção agrícola.

MARCEL QUER BANRISUL E CORSAN NA LISTA DAS PRIVATIZAÇÕES

Marcel Van Hattem deputado

O deputado estadual Marcel Van Hatten (PP) que propôs ontem uma emenda incluindo o Banrisul e a Corsan na proposta do governo para o plebiscito destinado à privatização de estatais, aumentou à carga sobre a necessidade de que seja votado o projeto que desobriga o governo de continuar pagando os salários de sindicalistas cedidos às entidades de classe. Na ultima sessão plenária,sindicalistas deram as costas ao deputado,enquanto ele discursava. Segundo Marcel, “não se pode aceitar que dirigentes pagos com recursos públicos, recebendo R$ 40, R$ 50 mil por mês, venham a este Parlamento se comportar desta forma. Ocupam as galerias para a defesa não do Estado, mas dos seus interesses mesquinhos”.

COMO FICA A MELHOR RODOVIA DO PAÍS

Polícia Rodoviária prende jordaniano com carro clonado na BR-290

Considerada a rodovia concedida de melhor qualidade do país,a BR 290, a nossa Freeway Porto Alegre-Osório gerida pela Triunfo Concepa, poderá encerrar o contrato no início de julho. O caminho alternativo seria uma prorrogação emergencial até a solução do caso. No Ministério dos Transportes, reina silêncio.

JAPÃO PODE REVITALIZAR O MERCADO DO CARVÃO GAÚCHO

680cde6e4b25708eaf4fd7ce26257ca5

A viagem ao Japão abriu uma possibilidade de revitalizar o mercado para o carvão gaúcho. A avaliação é do secretário de Minas e Energia Artur Lemos, sugerindo que a promoção do carvão gaúcho foi um dos eixos principais nas rodas de negociação com o governo japonês e empresas do setor de energia. A missão liderada pelo governador José Ivo Sartori ao Japão, entre os dias 5 e 8 de junho, teve como propósito apresentar as potencialidades do Rio Grande do Sul e atrair novos investimentos.

VIOLÊNCIA NO BRASIL MATOU MAIS QUE A GUERRA DO VIETNAM, AVALIA LASIER MARTINS

Resultado de imagem para lasier martins

Ao analisar os resultados do Atlas da Violência, divulgado nesta semana pelo Instituto de IPEA, o Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea), o senador gaúcho Lasier Martins (PSD) disse estar assustado com os dados. Em 2015, foram registrados 59.080 assassinatos, o que equivale a 161 mortes por dia naquele ano. Em 2005, foram 48.136 homicídios, comparou o senador.O pior, segundo Lasier, “ é que 48% das vítimas tinham idades entre 15 e 29 anos, a parcela mais jovem da sociedade, o que, no futuro, pode gerar impactos na economia e na Previdência do país, disse Lasier Martins. O senador disse ainda que o estudo revela que 71% das vítimas de assassinato são negras, parcela da sociedade que viu aumentar o número de homicídios em 18,2% entre 2005 e 2015.

— Os números da violência brasileira refletem um cenário de guerra. Para dar uma ideia, em 20 anos, de 1955 a 1975, morreram 1,1 milhão de pessoas no Vietnã. No Brasil, também em 20 anos, de 1995 a 2015, morreram 1,3 milhão de pessoas.

CONVICÇÃO TARDIA

Resultado de imagem para governo sartori

Na base do governo Sartori, existe a convicção de que, confirmado o plebiscito para venda ou alienação das estatais gaúchas (CEEE.CRM e Sulgás), a proposta do executivo seria vitoriosa. É a mesma convicção que faz com que a oposição, que é contra a venda das estatais, se oponha à consulta popular.

PARCELANDO MULTAS E IPVA

Resultado de imagem para enio bacci

Parece estar em sintonia com a realidade o projeto do deputado Enio Bacci (PDT) que determina regras para o parcelamento de multas junto ao Departamento de Trânsito do Rio Grande do Sul, o Detran. Bacci, que é advogado, está convicto de que,nos moldes atuais, o motorista é punido duas vezes com as multas, já que para receber o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo – CRVA – é necessário que as multas estejam pagas.

PARCELANDO O IPVA ATRASADO

Resultado de imagem para deputado joão fischer

Em linha semelhante, o deputado João Fischer (PP) tem realizado um trabalho junto à Secretaria da Fazenda, para convencer o fisco a aceitar o parcelamento do PVA em atraso, em condições mais favoráveis que a exigência de entrada,e os seis meses atualmente em vigor. Fischer sugere eu muitos proprietários de veículos mais antigos, em muitos casos utilizados como instrumento de trabalho. deixam acumular o IPVA atrasado,pela dificuldade em quitar o débito.

O Blog de Flavio Pereira